quarta-feira, 21 de outubro de 2015

AVES DE ARRIBAÇÃO

AVES DE ARRIBAÇÃO

De novo era segunda,
Outono, porém sem frio,
Só um pouco de ventania.
De novo foram chegando
de alegria colorida,
mais irrequietas que antes
Pousando em nossa Vida!

Neste viveiro alegre
Entraram pelo PORTAL
a demonstrarem fagueiros
sua arte e seu talento
como cada POETA  é,
neste solo tão  BRASILEIRO!

Aves de canto sonoro,
De gorjeios e trinados
Saídos do coração.
Vieram de todo lado
Seguindo a mesma direção
Na intenção mais linda e pura
De fazer Literatura.

Depois, de tanto cantarem
seus mais maviosos versos,
nos enchendo de alegria,
foram saindo de mansinho
com adeuses os mais diversos
cada um para seu ninho...

Suas vozes escritas ficaram
Lavradas em letras fortes,
num sentimento profundo!
Foram embora contentes
Com seu mavioso canto
Cada uma para seu mundo...

A povoarem os céus,
As aves do dia a dia
Deixaram no tempo as marcas

Nas asas da POESIA!

Um comentário:

  1. Muito linda a poesia!
    Parabéns à Rachel... gostei muito mesmo...

    ResponderExcluir